Américo Dimande, que falava na abertura do Conselho de Direcção Alargado da ANE, realizado nos dias 10 e 11, disse que várias acções estão definidas, com destque para a reabilitação de 787 km de estradas nacionais e 4.000km de estradas regionais e distritais, asfaltagem de 1200 km de estradas nacionais e regionais, reabilitação de três e construção de 12 pontes e manutenção de rotina de 20.000 km e periódica de 2.000.

“No capítulo de reabilitação de estradas, queremos destacar as intervenções de troços da Estrada Nacional N1, nomeadamente Pambara-Rio Save; Rio Save-Muxungue; Inchope-Caia; Chimuara-Nicoadala; Nicoadala-Namacurra; incluindo  a ligação Nicoadala-Quelimane; Rio Lúrio-Metoro, incluindo a ponte sobre o Rio Lúrio” avançou Dimande.

Na componente asfaltagem de estradas “vamos concluir as obras das Estradas Malema-Cuamba; Cuamba-Muita; integradas no Corredor de Nacala; Montepuez-Ruaça; Mueda-Negomano; Tica-Buzi-Nova Sofala, incluindo a ponte sobre o Rio Búzi, e a Estrada Canicado-Mapai”, concluiu Américo Dimande.