A chuva intensa que cai nos últimos dias na Província de Gaza está a condicionar a execução das obras de asfaltagem da estrada Guijá-Chicualacuala. O facto é que nos dias chuvosos, o empreiteiro é obrigado a paralisar os trabalhos de pavimentação e colocação de asfalto por conta das condições climatéricas. A informação foi partilhada a imprensa pelo delegado da Administração Nacional de Estradas (ANE) em Gaza Manuel Cossa.

Manuel Cossa anotou que mesmo com estas dificuldades, os trabalhos de asfaltagem desta estrada estão em curso podendo ser concluídos ainda ao longo deste ano.

“É verdade que nos dias de chuva, aqueles trabalhos que consistem por exemplo na pavimentação, que têm a ver com o asfalto que deve estar com a temperatura aceitável em termos daquilo que devem ser os padrões não é possível trabalhar. No movimento da terra há aqueles trabalhos que não se devem fazer nos dias de chuva, mas há trabalhos que podem ser feitos e estão a ser feitos como a limpeza das margens para diminuir o impacto das águas na plataforma da estrada”, disse Manuel Cossa.

O delegado da ANE em Gaza assegurou que apesar dos constrangimentos decorrentes da chuva intensa, a estrada Guijá-Chicualacuala está transitável.